quarta-feira, 8 de junho de 2011

CONFIANÇA






Certa casa estava em chamas. Um dos filhos menores, em vez de sair, correu para o segundo andar. Desesperado foi à janela e começou a gritar:

-Pai, pai, pai.

A fumaça do primeiro andar não permitia a visibilidade do menino, mas o pai o enxergava bem e disse:

- Meu filho, jogue-se que eu te seguro.

Mas o filho gritava:

- Pai, eu não te vejo!

O pai respondeu:

- Meu filho, eu te vejo e isto basta.

Confiante, o filho jogou-se nos  braços  do  pai  e foi salvo.





Precisamos  ter  fé  e  acreditar  no  imenso  e infinito  amor  de Deus, nosso  Pai,  que  está  sempre  pronto  para  estender  a  sua  mão  e  nos  salvar.  Nós  devemos  agir  com  a  confiança  deste  garotinho, que apesar  do  medo , entregou  a  sua  vida  nas  mãos  do  seu  pai . Ele  foi  SALVO  porque  acreditou  e  confiou!!!




5 comentários:

Nair Morbeck Sobrinha disse...

Só o eterno é quem transmite a confiança de que precisamos para prosseguir na nossa caminhada..É o invisível Real com quem podemos nos relacionar e sentir seu Amor cheio de Graça...

Shalom

Aqui também querida a alegria é toda minha..

VIRGEM DE FÁTIMA disse...

Obrigado por sua visita,Nossa Senhora em Fátima nos quis conduzir a Jesus e ao caminho da felicidade verdadeira. Paz e Bem!
www.virgemdeguadalupe.blogspot.com

Felipa disse...

Olá, vejo que o blog é recém nascido; quero desejar as maiores felicidades e uma longa vida para o blog.
Obrigada pela visita
Abraço

Filha de Maria disse...

Linda e saborosa história... é por isso que devemos pedir um coração de criança.

Grata por tão belissima e profunda partilha.

Voltarei!

A Paz de Cristo.

Ana Paula disse...

Angela,
obrigada por sua visita e por suas palavras!
Vi que o blog é novo, que o Espírito Santo te ilumine a cada dia!!!
Que o Menininho Jesus te abençoe!
Bjs