sábado, 17 de março de 2012

Nenhum ato de caridade é pequeno


Se eu puder impedir que um coração se parta,
Não terei vivido em vão;
Se eu puder aliviar o sofrimento de uma vida,
Ou diminuir a dor,
Ou ajudar um frágil rouxinol 
A voltar novamente para seu ninho,
Não terei vivido em vão.

Emily Dickinson


5 comentários:

Célia Rangel disse...

Lindo, Angela! O ato de caridade é um grande ato de amor ao próximo!
Bj. Célia.

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Angela, muito bacana a sua mensagem de vida. Adorei. É por esse caminho que encontramos a felicidade.
Um grande abraço.
Manoel.

Antonio Rubilar B. Valente disse...

Adorável texto de Emily...
Querida amiga!Acabo de postar em meu blog um pedido singelo aos amigos.Me perdoe se este comentário é "colado", mas tenho certeza que você saberá entender que agora "corro contra o tempo" para saber o TEMPO de cada um de vocês.Aproveito para desejar-lhe um ótimo domingo e um começo de semana abençoado e de muita paz.Estou lhe aguardando em meu blog!
Fique com Deus!Abraço amigo, "Rubi".

Rose disse...

Olá, Angela!
Agradeço a sua visita ao Eternessências e todo o seu carinho!
Este seu cantinho também é muito especial!Cheio de sementes de amor e luz - aquelas que são essenciais, porque provêm de Deus , Nosso Pai!
Um grande abraço!
PAZ E BEM!
Rose

Eugenia disse...

Linda mensagem...
Uma semana abençoada para você!